Sete empresas estão habilitadas para a licitação do Centro de Inovação

Centro de Inovação_final

O Centro de Inovação terá 2.098 m² em três pavimentos com empresas de base tecnológica e empreendedores conectados à instituições de ensino e pesquisa e ao mercado.

A Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria Municipal de Obras, divulgou esta semana o resultado da primeira fase da licitação do prédio do Centro de Inovação. Sete das nove empresas que concorreram inicialmente no certame foram habilitadas tecnicamente e continuam na disputa. A vencedora será aquela que apresentar o menor preço. A expectativa é de que, até o final de maio seja divulgado o nome da empresa que fará a obra.

O Centro de Inovação terá 2.098 m² distribuídos em três pavimentos. Abrigará empresas de base tecnológica e empreendedores conectando-os à instituições de ensino e pesquisa e ao mercado.

O presidente da CDV, José Vicente Pimentel garante que “a construção do Centro de Inovação do Parque Tecnológico é o ponto de partida de uma proposta econômica inovadora, que contribuirá para o desenvolvimento sustentável da cidade de Vitória e seu entorno. Nos últimos dias, visitei os parques tecnológicos de Florianópolis e Belo Horizonte. Em Santa Catarina, por exemplo, a arrecadação originária do setor de ciência e tecnologia representa quatro vezes mais do que a área de turismo, que também é forte. Aqui queremos aproveitar a experiência deles para fazer ainda melhor”.