Projeto apoiado pelo Facitec vence o Prêmio da Rede Mercocidades 2011

O pesquisador da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Luiz Fernando Loureiro Fernandes, com o projeto “Cultivo em massa de larvas do caranguejo-uçá Ucides cordatus: uma proposta para o repovoamento da espécie visando a manutenção da biodiversidade e geração de renda”, que contou com o financiamento do Fundo de Apoio à Ciência e Tecnologia de Vitória (Facitec), obteve, dentre os seis finalistas, a primeira colocação do Prêmio Ciência e Tecnologia Municipal da Rede Mercocidades 2011.

O prêmio será entregue na reunião da cúpula da Rede Mercocidades, em Montevidéu, no Uruguai, entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro. O pesquisador Luiz Fernando apresentou o projeto na Mostra de Ciência e Tecnologia em Politicas Públicas, na cidade de São Carlos, em São Paulo, semana passada.

Dos 27 trabalhos inscritos na Mostra de Ciência e Tecnologia de São Carlos, seis chegaram na fase final. Destes, dois eram da cidade de Vitória, e apoiados pelo Facitec: o projeto vencedor de repovoamento do caranguejo-açú, de Luiz Fernando; e o de conservação, manejo e análise ambiental das Ilhas Costeiras de Vitória, de Paulo Rodrigues Pinheiros.

O Prêmio Mercocidades de Ciência e Tecnologia é atribuído ao pesquisador (ou grupo de pesquisa) cujo trabalho, de natureza tecnológica, de qualquer campo, tenha contribuído, efetivamente, para a solução de um problema relevante em uma das cidades integrantes da Rede Mercocidades e que possa ser desenvolvido em outra cidade.