Porto Digital e TecnoPuc são apresentados em painel durante a Conferência Anprotec

Na programação da Conferência foi apresentado um painel para discutir aspectos relevantes, desafios e tendências dos modelos de governança de parques tecnológicos no Brasil, com cases do Porto Digital, que é mantido por uma empresa pública, uma organização social, que tem se destacado como cluster global de inovação pela revitalização urbana do centro da capital pernambucana. O Parque tem, atualmente, 171 hectares, 97 empresas, nove mil pessoas trabalhando nas áreas de tecnologia da informação, comunicação e economia criativa.
O segundo case é do Parque Tecnonuc, que apresentou a importância do ecossistema, que está além da dimensão e da complexidade do parque, que demanda contextos corporativos focados em transparência com responsabilidade administrativa e financeira. Na instituição o conselho administrativo é estratégico e o conselho gestor é operacional, mas trabalham de forma interligada para cumprir as metas baseadas em indicadores. Há ainda comitês e pequenos grupos para discutir temas específicos. A diversidade de gênero é prioridade, já que comprovaram melhor desempenho. A Governança do Parque Tecnopuc aconteceu a partir dos anos 90 e os gestores fazem valer o conjunto de boas práticas estabelecido pela instituição.